17/07/2018

Aproveite a Rota das Colheitas para conhecer melhor Vila Verde, um dos 12 destinos em maior ascensão em Portugal!




O conceituado site o Ekonomista coloca o concelho de Vila Verde como um dos 12 destinos com maior ascensão turística no nosso país. Os dados foram recolhidos com base nos quatro milhões de pesquisas diárias do motor de busca Trivago. A Rota das Colheitas afirma-se como uma oportunidade soberana para conhecer melhor Vila Verde, o 6º destino de uma lista de 12 que, segundo o Ekonomista, “têm conquistado o coração dos portugueses”.

De agosto a novembro, o coração do Minho palpita de forma galopante com dezenas de iniciativas que prometem levar os participantes numa emocionante viagem à descoberta da genuína tradição minhota. A desfolhada do milho e a malhada do centeio, a espadelada do linho e a pisada das uvas, o vestuário de época e as alfaias agrícolas, as merendas fartas e a alegria da música popular. Nenhum pormenor é deixado ao acaso, para garantir recriações fiéis que vão levar vilaverdenses e visitantes numa emocionante viagem à (re)descoberta dos genuínos hábitos e costumes da cultura popular do Minho.

11/07/2018

Inscrições abertas para a Exposição/Venda de Produtos na ‘Festa das Colheitas 2018 - XXVII Feira Mostra de Produtos Regionais’



Está aberto, e estende-se até ao dia 06 de agosto, o período de inscrições para exposição/venda de produtos na edição de 2018 da Festa das Colheitas de Vila Verde. Para mais informações, esclarecimentos e inscrições, os interessados devem contactar o Município de Vila Verde. As inscrições para a XXVII Feira Mostra de Produtos Regionais, que este ano se realiza de 03 a 07 de outubro, estão abertas para os seguintes setores de atividade: Artesanato, Produtos Agrícolas, Máquinas, Utensílios Agrícolas, Pastelaria, Panificação, Enchidos, Queijo, Vinho, Licores e Festival Gastronómico das Colheitas. Não fique de fora deste autêntico hino ao mundo rural, com cinco dias dedicados inteiramente ao mundo rural e às raízes da cultura minhota, que vai levar os participantes a conhecerem e (se assim o desejarem) experimentarem na primeira pessoa os costumes e hábitos do povo minhoto.

06/12/2017

Rota das Colheitas 2017: Quatro meses, 35 iniciativas e largas dezenas de milhares de visitantes!


Ao longo de quatro meses consecutivos (agosto a novembro), o concelho de Vila Verde foi palco de 35 iniciativas de promoção e divulgação da genuína tradição da cultura popular do Minho. Um autêntico turbilhão de experiências. O público não se limitou a assistir e foi incentivado a participar. A recriar as tradições e costumes antigos. A malhar o centeio e desfolhar o milho, a espadelar o linho e pisar as uvas, a cantar e dançar ao som da música popular.

03/12/2017

Matança da Seba e Rojoada: Lage voltou a cumprir a tradição minhota e ainda apoiou uma causa solidária!


A Lage voltou a mostrar que a chama da tradição está bem viva na freguesia, com a recriação de uma prática agrícola centenária da região, que outrora se revelava fundamental para a subsistência das famílias das minhotas durante a estação fria. A ‘Matança da Seba e Rojoada Solidária’ decorreu passado fim de semana, 01 e 02 de dezembro, e este ano incluiu também um momento desportivo, uma caminhada solidária com aula de Zumba. A iniciativa foi um sucesso e augura-se um futuro bastante auspicioso para as próximas edições. O evento foi organizado pela Junta de Freguesia da Lage e integrou a programação turístico-cultural Na Rota das Colheitas, do Município de Vila Verde, que durante quatro meses se desdobrou em mais de três dezenas de iniciativas de promoção e divulgação da genuína tradição do Minho.

29/11/2017

Lage encerra Rota das Colheitas com recriação da matança da seba e rojoada a favor de causa solidária!


A freguesia da Lage tem, este ano, a seu cargo o encerramento da programação turístico-cultural Na Rota das Colheitas, do Município de Vila Verde, que durante quatro meses se desdobrou em 35 iniciativas de promoção e divulgação da genuína tradição do Minho. No próximo fim de semana, 01 e 02 de dezembro, a freguesia leva os participantes numa viagem ao tempo dos nossos avós com a recriação da matança da seba. Uma prática agrícola fundamental para a subsistência das famílias minhotas, que unia a vizinhança inteira em torno do animal que garantia o aprovisionamento dos mantimentos necessários para enfrentar o rigor do ‘general inverno’. A maior novidade deste ano é que as restantes atividades, a Caminhada (com aula de Zumba) e a Rojoada, revertem para uma causa solidária.

Na Rota das Colheitas 2017