09/10/2017

Um hino ao mundo rural e à genuína tradição minhota!


“A Festa das Colheitas – Feira Mostra de Produtos regionais é um dos maiores eventos do concelho, com um programa rico e diversificado de promoção do território e divulgação do potencial local. Foram cinco dias consecutivos de amizade, partilha, tradição, música e muita animação. A forte adesão popular mostra claramente que esta é uma aposta ganha, um investimento com grande retorno, que dinamiza a economia, valoriza a tradição e promove a cultura. A presença da TVI, com uma emissão de seis horas a partir de Vila Verde, foi o fator multiplicador, levando a Festa das Colheitas a todo o planeta”. As palavras são do presidente do Município de Vila Verde, António Vilela, que, ontem (08 de outubro), fez um balanço extremamente positivo da XXVI Feira Mostra de Produtos Regionais.

“Foi mais uma edição de grande sucesso. Tivemos o maior número de stands de sempre (177) e a procura continua a aumentar. Gostaria de deixar uma palavra de gratidão ao público pela presença massiva e a todos os parceiros e colaboradores por se juntarem a nós para criarmos um hino ao mundo rural. Temos orgulho na nossa terra e nas nossas gentes, nas nossas tradições e na nossa agricultura, sem descurar a evolução e o futuro. Queremos um concelho atrativo e dinâmico, que encontre no seu património uma âncora de desenvolvimento e de construção do futuro”, referiu António Vilela, sublinhando a importância desta aliança harmoniosa entre tradição e modernidade na projeção do território vilaverdense em todo o país e no estrangeiro.

Uma viagem à descoberta da tradição minhota
Durante cinco dias consecutivos, Vila Verde embarcou numa viagem à descoberta da genuína tradição minhota. Os usos e costumes, os produtos frescos do campo e os animais vivos, a gastronomia regional e as recriações de práticas tradicionais, os espetáculos de música ao vivo e os concursos. Mais de 40 iniciativas num cartaz turístico cultural que trouxe largos milhares de pessoas ao coração do Minho. Ontem, 08 de outubro, a Festa das Colheitas – XXVI Feira Mostra de Produtos Regionais encerrou em apoteose. Mais de quinhentos artistas no encontro de tocadores de concertina, centenas de espectadores no Estádio Cruz do Reguengo para ver a Corrida de Cavalos, a TVI a transmitir para todo o planeta e largos milhares de pessoas que se dividiam entre o recinto, a Praça de Santo António e as principais artérias e pontos de interesse da sede de concelho.

Grande diversidade de iniciativas no Dia da Tradição
A manhã começou com muito desporto e saúde. Pelas 09h30, os amantes das duas rodas arrancaram para mais um passeio de cicloturismo, promovido pelo Cicloclube de Vila Verde. Meia hora mais tarde, desporto e a solidariedade voltaram a caminhar de mãos dadas na Mega Aula de Zumba, uma iniciativa é organizada pela Rede Social do Município de Vila Verde e cuja receita reverteu a favor da Associação Conviver. Em simultâneo, começavam a chegar ao recinto as máquinas intemporais da Concentração e Desfile de Carros Clássicos, organizado pela Associação de Carros Clássicos Rolantes em Antigos de Vila Verde. Em tempo de colheitas, manda a boa tradição do Minho que se agradeça ao céu pelos frutos da terra e, por volta das 11h00, a igreja paroquial de Vila Verde recebia a Missa das Colheitas.

De Vila Verde para todo o planeta
Ao início da tarde, a sede de concelho foi inundada por um autêntico mar de gente. Às 14h00, arrancava uma maratona televisiva a partir de Vila Verde que levou ao planeta as tradições e potencialidades locais. Tal como o público, os apresentadores do programa ‘Somos Portugal’, da TVI, dividiam-se entre o recinto da Festa das Colheitas e o palco instalado na Praça de Santo António, em frente à Biblioteca Municipal. Uma campanha massiva de promoção do território, numa transmissão que levou aos quatro cantos do planeta o que de melhor se faz no concelho, com especial incidência na riqueza da tradição da cultura popular minhota.

Centenas de participantes no XXI Encontro de Tocadores de Concertina

A tarde começou e acabou ao som da ‘Rainha do Minho’. Mais de 500 tocadores chegaram a Vila Verde, vindos de vários pontos do país, para o XXI Encontro de Tocadores de Concertina. Um tributo à música popular, que contou com a participação de 60 grupos distintos e que voltou a ser recebido no recinto por um banho de multidão. Apesar do calor abrasivo, atípico para a estação do outono, houve quem não resistisse a dar um pezinho de dança ao som das cantigas alegres da música popular. Em simultâneo, as bancadas do Estádio Cruz do Reguengo estavam muito bem compostas, com largas de centenas de pessoas que não perderam a oportunidade de assistir ao vivo à adrenalina e emoção das tradicionais Corridas de Cavalos, uma atividade organizada pela Associação Cultural dos Amigos do Cavalo de Passo Travado. Ao final da tarde,houve ainda tempo para eleger a Rainha das Colheitas, uma iniciativa organizada pela AMUTER, em que cada participante utiliza coordenados produzidos com produtos e materiais tradicionais.

Sem comentários:

Enviar um comentário

Na Rota das Colheitas 2016. Obrigada pelo seu comentário.

Na Rota das Colheitas 2017